Técnicas de Persuasão Positiva para ter Melhores Relacionamentos

Existem comportamentos, muitas vezes sutis, que afastam ou aproximam pessoas, e nesse artigo vamos falar de alguns erros que podemos estar cometendo na forma de lidar com o outro, e algumas técnicas de persuasão para aprender a compreender a si mesmo e o comportamento das pessoas ao seu redor.

 

O que Significa Persuadir?

Persuadir  a princípio, pode soar em um sentido pejorativo, como sendo características de alguém que sabe iludir uma pessoa para que ela faça o que o outro deseja. Certamente, existem enganadores que utilizam a persuasão para se aproveitarem das pessoas e isso é absolutamente condenável.

Entretanto, a persuasão pode e deve ser usada como forma de melhorar as relações humanas e profissionais na sociedade em que vivemos.

Mais do que isso, utilizamos a persuasão a todo o momento, em diálogos onde queremos expressar nosso ponto de vista e até no momento em que nos dispomos a ajudar alguém.

Técnicas de Persuasão ou Técnicas de Convencimento? Muitas pessoas confundem o ato de persuadir com o de convencer, mas saiba que para convencer alguém se abrange mais a razão, porém, persuadir envolve todas as áreas do cérebro, como a emocional e a área que envolve risco, estimulando a vontade interior da própria pessoa em mudar ou fazer algo.

Alguém pode estar convencida de algo racionalmente, mas mesmo assim prefere não mudar, pois seus motivos emocionais são mais fortes e acabam justificando suas escolhas.

Sendo assim, a persuasão é a capacidade de influenciar alguém utilizando fatores além do racional a tomar uma atitude ou responder da maneira que você deseja.

A seguir, listarei algumas dicas de como podemos nos comportar de uma forma mais assertiva e persuasiva nos relacionamentos em geral para evitar conflitos.

 

Evite Criticar as Outras Pessoas

Imagine que em uma empresa, uma colega de trabalho foi promovida antes de você, e ao invés de reconhecer isso, faz críticas a outras pessoas sobre o ocorrido. Nesse momento, você está expondo mais seu comportamento do que a pessoa em si.

Quando Pedro fala de Paulo, Pedro fala muito mais de Pedro do que de Paulo”. Lise Bourbeau

persuasão

Por isso que em uma entrevista de emprego por exemplo, é proibido fazer críticas aos seus chefes anteriores, pois na cabeça do recrutador da vaga, pode ficar a impressão que você coloca a responsabilidade nos outros, agindo como vítima e incapaz.

Procure ser empático, se colocar no lugar da pessoa ou do fato, ao invés de criticar, pois dessa forma, será visto como uma pessoa de grande valor e confiança.

 

Como Despertar o Interesse da Pessoa te Ouvir?

Você já passou por uma experiência de contar algo extremamente relevante para uma pessoa, e ela simplesmente não dar a importância devida ao assunto? Sim, isso acontece muito e um dos fatores que explica isso é a ausência de expectativa.

Essa mesma expectativa é utilizada com maestria nas novelas através de uma ferramenta chamada “loop”. Já reparou como as cenas de novelas nunca se fecham, e sempre tem algo que “vai acontecer”, fazendo com que você crie expectativas e imagine como será o desfecho.

O loop é feito quando se entrega somente parte de uma informação, despertando o desejo da pessoa de concluir tal assunto ou história, aumentando a expectativa e despertando a curiosidade.

Perceba que quando se entrega uma informação extensa e sem expectativas, o impacto sobre o assunto é bem fraco e a resposta não será a altura de igual peso.

Nas relações pessoais e profissionais pode ser usado esse recurso quando você quer dialogar com alguém, mas antes, desperta o interesse nela antes para ouvir o que você tem pra falar.

Com isso, será bem menor a quantidade de assuntos mal compreendidos ou ignorados em uma relação, tornando-o uma pessoa que é sempre ouvida com atenção, facilitando o entendimento da sua mensagem.

 

As Decisões São Mesmo Racionais?

Pensamos estar no controle das situações através da nossa capacidade racional de decidir e resolver problemas, mas não é assim que pensam muitos especialistas em comportamento humano, como o psicólogo Daniel Kahneman, ganhador do premio Nobel de economia onde defende a seguinte tese:

No processo de decisão do cérebro humano, a intuição, emoção e os sentimentos se sobressaem à razão.

Isso significa que as decisões são tomadas sob influência de fatores emocionais, e a racionalidade apenas validam como coerente ou não, criando justificativas para as decisões.

técnicadepersuasão

Muitas vezes queremos algo emocionalmente falando, e utilizamos justificativas racionais para realizarmos determinada tarefa ou tomada de decisão. Economizamos esforço do cérebro racional, chamado neocórtex, pois ele é mais lento e demanda mais energia do nosso corpo, logo, os fatores emocionais e experiências anteriores influenciam mais no processo de decisão.

Por exemplo: Quando se quer tomar um refrigerante, sabemos que racionalmente ele faz mal a saúde, porém, justificamos dizendo ”se eu tomar somente agora, não fará tão mal assim”.

Sabendo disso, podemos nos relacionar melhor com as pessoas nos preocupando em demonstrar o lado emocional de uma situação racional, e também respeitar e compreender o lado emocional do outro.

 

Como Você Pode se Expressar Melhor

técnicaspersuasão

Em primeiro lugar, não devemos copiar as outras pessoas, querendo ser e agir como elas para só assim nos expressarmos melhor, porque cada pessoa tem sua característica única de ser.

Uma dica realmente prática para se expressar melhor é gravar suas apresentações ou algum conteúdo que você quer comunicar para alguém. Dessa forma, você verá todos os seus erros, que talvez nem tivesse percebido ainda, e poderá trabalhar em cada um deles passo a passo.

Alguns pontos devem ser observados como a expressão facial e corporal que se tem durante a comunicação, o tom de voz, velocidade e energia com que se transmite uma ideia. Tudo isso fazem parte das técnicas de persuasão que influenciam as pessoas inconscientemente, facilitando a compreensão e aceitação de suas idéias.

 

Como Terminar uma Discussão?

como-terminar-discussão-tecnicaspersuasao

Quando entramos em uma discussão, dois fatores são preponderantes para que isso ocorra: Você se importa com a pessoa que está a sua frente e quer resolver aquele determinado assunto.

Entretanto, quando começamos uma discussão calorosa, subindo o tom de voz, o cérebro muda a chave interna e se prepara para uma verdadeira guerra onde a intenção é somente vencer a discussão.

Durante a “guerra” da discussão, são trazidas armas do passado, como justificativas para convencer que se tem a razão e vencer a discussão, como por exemplo:  “você lembra aquela vez que você fez isso ou aquilo…”

Com isso, o assunto inicial a ser resolvido acaba sendo esquecido e a discussão se torna destrutiva para ambos, fazendo com que no final, nunca haja um vencedor.

Sim, mesmo aquele que teoricamente vence a discussão, não sairá vencedor, pois a outra pessoa ficará chateada.

Mas afinal de contas, como terminar uma discussão? Não entre nela.

Simplesmente abandone a discussão e lhe dê 5 minutos para que seu cérebro saia do “modo de guerra”, e com isso, surgirá mais clareza e sabedoria para resolver o assunto inicial de forma harmônica.

No entanto, o outro pode não sair do modo de guerra da mesma forma que você, por isso o melhor a se fazer para evitar que a discussão destrua a relação é estabelecer um acordo prévio com a pessoa que você gosta, sendo um amigo, esposa, marido, etc…

O intuito é que combinem que quando entrarem em uma discussão faça algum sinal ou diga algo que sinalize que a discussão deve ser encerrada naquele momento, e conversada posteriormente com mais tranqüilidade.

► Veja também: Os Benefícios do Tai Chi Chuan para a Saúde Física e Mental 

 

Como Fazer uma Pessoa Gostar de Você?

Já reparou que quando uma pessoa te ouve com atenção, entende seus sentimentos e simplesmente está focada em saber sobre você, te desperta uma simpatia, um sentimento bom por ela imediatamente?

Isso ocorre porque quando nos dão plena atenção, nosso ego é enaltecido, se sente bem, assim como uma carência natural que existe em nós é suprida e confortada pela pessoa.

Todas as pessoas querem atenção, e por isso que, quando você dá atenção exclusiva para o que a pessoa está falando, se importando realmente com ela, entrando em seu universo, com certeza você passará uma ótima impressão e a tendência é que ela goste de você. Por isso, é uma das melhores técnicas de persuasão para criar conexão.

 

Como Dizer Que Uma Pessoa está Errada?

persuasão-positiva

Primeiro, evite dizer claramente que a pessoa está errada. Quando fazemos isso, despertamos o instinto de defesa da pessoa ou de exigência com ela mesma, tornando a situação muito desagradável.

Existem maneiras de dizer que a pessoa está errada sem afirmar claramente. Galileu dizia que uma pessoa não pode ser confrontada e sim conduzida, até que ela encontre a verdade dentro de si própria.

Quando a pessoa estiver errada, ao invés de afirmar, faça perguntas, questione e insira novas colocações para que a própria pessoa reflita e ela mesma tome consciência do seu erro.

Quando você afirma categoricamente que a pessoa está errada, seu ego pode se elevar, e conseqüentemente o ego da pessoa ficará na mesma altura para contestar a afirmação, como instinto de defesa.

No entanto, se você se colocar em uma postura despida de ego, a pessoa também tende a se desarmar, e a chance dela compreender que estava errada será bem maior, pois não haverá confrontos e sim, uma condução para um senso comum. Técnicas de persuasão como essa pode evitar muito conflito desnecessário, acredite.

 

Conclusão sobre as Técnicas de Persuasão Para Melhorar Relacionamentos

É importante conhecermos a nós mesmos para podermos lidar com o outro, pois todos nós somos movidos pelo mesmo instinto de sobrevivência, em busca de amor próprio e acolhimento das pessoas que a gente ama.

Sendo assim, é essencial que desenvolvemos o lado empático nos relacionamentos, para que da mesma forma, as pessoas acolham nossos erros com muito mais leveza.

Espero que as técnicas de persuasão apresentadas neste artigo façam a diferença positiva na harmonia de suas relações.

Se você gostou do tema, e quer saber mais, conheça uma excelente área relacionada chamada neuropersuasão através deste material Clicando Aqui. Muito Obrigado!

 

Fonte: BrainPower

Continuar Lendo abaixo:

Fabio Alves

Sobre o autor (a) | Website

Meu nome é Fabio Alves, e criei o blog http://opoderdoser.com/, com o intuito de compartilhar conteúdo sobre desenvolvimento pessoal e autoconhecimento, além de dar espaço para profissionais da área fazerem o mesmo. Muito Obrigado por você estar aqui

FAÇA PARTE e RECEBA Conteúdos sobre Desenvolvimento Pessoal e Espiritualidade GRATUITAMENTE

100% seguro.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

2 Comentários

  1. ANTENOR JOSÉ DA SILVA disse:

    Material muito dom, recomendo, valeu muito grato.

  2. ANTENOR JOSÉ DA SILVA disse:

    Material excelente, valeu, grato.